segunda-feira, 28 de março de 2011

Sinto

Sereia tu que canta,
me encanta,
dar uma vontade louca
de beijar sua boca,
uma vontade maluca
de beixar sua cuca,
uma vontade transcendente
de sentir sua mente,
acariciar seus dedos,
sua pelo, seus pelos,
e fazer voce arrepiar,
e sentir seu corpo queimar,
sentir o aroma dos teus cabelos,
o perfume guardado
nos teus seios,
quero poder deliciar,
e poder delirar,
te amando,
me envenenando
de tanta paixão,
mergulhado na ilusão,
da felicidade,
que é como as ondas do mar,
sempre a oscilar.

Bateu um desejo,
de seu beijo,
bateu uma saudade,
tão forte no coração,
minhas vísceras
congelaram, meu sangue
gelado, como água salgada, gelada,
senti uma emoção diferente,
mesmo tu ausente,
minha flor,
desejo seu beijo,
mesmo que beijo de vento,
sinta minha alma
a surfar
nas ondas do vento,
no tempo,
desejos,
vontades,
vaidades,
assim sinto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário