quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Verbo

Quanta busca por saber,
quanto desejo viver?
Mato meu tempo no trabalho,
na lida da vida
viajo nos meu dias,
com minhas breves alegrias,
essa busca pelo ter,
constitui um pouco o meu ser.

Vida, vida quanto mais polida,
mas sofrida,
todavia o que se deve fazer,
não se pode evitar envelhecer,
sabemos que iremos morrer,
essa busca por saber,
é uma maneira de tentar
driblar o ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário