quarta-feira, 29 de outubro de 2014

o Sertão

O sertão,
Folhas secas pelo chão,
Galhos cinzas,
Troncos ramificados,
Flores perfumadas,
Cipós de marmeleiro,
Terra seca, corrida,
Que chupa a urina,
E solta um cheiro de terra molhada,
Ou aroma de folha...
Ah, o sertão,
Parece que tudo é solidão,
Tudo é resistência,
E quando a noite cai,
E o vento sopra,
Vemos que o sertão
É sempre o mesmo
Plantas espinhentas e retorcidas,
Flores amarelas...
E o homem,
Esse ser perdido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário