quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Luar

É noite de lua cheia,
O céu azul estrelado,
O espelho da lua no cerrado.
O brilho da lua flameja
Nas águas do Paranoá.
Cansado, deito e durmo,
Não penso em nada.
Verão no Cerrado.
Não é inverno,
Mas sim calor,
Sol e beleza nas extremidades do dia.
Mais nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário