domingo, 14 de abril de 2013

Reviver

Quando se mora muito tempo em uma cidade e muda para outra cidade, outro bairro e outra casa. muda-se também em nós um pouco do somos. Novos hábitos surgiram, novos lugares, novas pessoas, novos acontecimentos e por fim novas perspectivas.
Engraçado que passado um tempo, algumas coisas continuam a mesma, mas tantas outras se modificam. E quando voltamos para reviver ou matar as saudades, sentimos falta dos velhos hábitos das ruas, da nossa casa.
Voltar é reviver. Sentir quem fomos e quem somos, nossas memórias nos trás a tona quem somos de verdade, uma soma do passado mais o presente. Se gostamos de onde moramos, este lugar como são doces as memórias. Caminhar pelas mesmas ruas, sentir os antigos aromas dos jasmins, da dama da noite, no mesmíssimo lugar, as ruas, as flores, rever as pessoas conhecidas, caminhar pelas ruas. Mas não podemos reencontrar todo mundo, pois os amigos também partiram, restam as doces lembranças.
Tudo isso, nos faz mais felizes. E nos norteiam para vir a tomar posse do presente.
Timidamente como o sol se põe, percebemos que não somos mais o dia neste lugar, restam apenas
o brilho das estrelas, nosso dia está em outro lugar e talvez em outro, e mais outro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário