sábado, 28 de julho de 2012

Infinito

Milhões de flores desabrocham todos os dias nos campos e nos jardins pelo  mundo.
Pessoas vivem suas vidas com suas lutas e seus sonhos. Eu como não sou diferente
do resto destas pessoas, muitas vezes, não percebo e nem contemplo a beleza das flores.
E tudo isso se passa dia após dia até o fim de meus dias. E a cada dia que passa percebo a finitude de minha vida, mas apenas através das marcas do tempo em meu corpo, todavia pela amplitude com que as histórias e as pequenas coisas vão ganhando maiores dimensões e minha vida. Os dias dentro do tempo vão se tornando mais valiosos. Começamos a fazer mais relações entre os fatos, e as coisas e vamos atentando para nossa própria história e nossas coisas.
Chega o momento  para a reflexão sobre a nossa vida. Momento que todas as nossas leituras ganham maiores dimensões e os personagens das histórias ganham vida, as vezes não ganham.
A vida tem tantas faces quanto o mundo e suas estações...

Nenhum comentário:

Postar um comentário