segunda-feira, 11 de abril de 2011

cada

E a tarde já não arde,
e o sol quase não brilha,
e a noite já vem vindo,
e eu vou saindo
para casa,
casa,
meu lar

Nenhum comentário:

Postar um comentário