sexta-feira, 25 de março de 2011

Varrer

Vejo os grandes terreiros, limpos, varridos com melosa, no suave e intermitente movimento da vassoura que aquelas senhoras, começavam seus dias, num exercício para o corpo e para a alma,
pra lá e pra cá, varrendo folhas, galho, tornando os terreiros desérticos, porém limpos, um terreiro sujo revela uma casa sem hábitos higiênicos. Assim as senhoras acreditavam e teciam notícias com quem ali passava, se informava e informava, construindo sua idéia de mundo, seus pensamentos, seus juízos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário