terça-feira, 9 de novembro de 2010

O percevejo

Um percevejo pousado no bebedouro, será que queria tomar água? apenas suas antenas quebravam a estática. Parei, enchi a xícara de água. e só por isso o percebi. O vi alí estático. Movia as antenas, acho que queria expressar algo, será que pedia por um pouco de água? Linguagem de símbolos, nem me comunico através do alfato, talvez ignore o percevegês não entendi nada, então ele começou a se movimentar. Acho que perdeu a paciência. Aquele corpo pequeno, compacto, cinza. Tentou se comunicar, mas eu não entendi nada. O que queria dizer? Quem sabe, talvez se um dia aprendermos a compreender os insetos, possamos ter uma boa conversa. Porque agora só dar para ficar assim, parados a contemplando a vida efêmera.

Nenhum comentário:

Postar um comentário