quinta-feira, 14 de outubro de 2010

O banco

O banco

Faz uma semana que perdi meu o cartão do meu registro acadêmico, minha carteirnha, fui fazer um novo na dac, mas foi informado que era preciso depositar uma quantia no Santander, como tenho conta no banco real que agora faz parte do Santander, pensei já resolvo isso, isso foi semana passada quando cheguei a agência estava em greve, entrei falei com uma funcionária que não sabia de nada esta me informou que o sistema tava fora do ar e que nada podia fazer que eu fosse na agência do Dom Pedro ou em Paulina, longe demais para ir de bicicleta. Então voltei para o laboratório com uma mão na frente e outra atrás. Passado uma semana, hoje foi novamente , cheguei as 10h, consegui resolver o movimento da conta, mas o meu maior drama estava por vi. Como liberar o cartão para fazer uso do auto atendimento. Primeiro no caixa fiz uma senha de quatro dígitos, desci e fui tentar reaver a senha que eles liberam só pelo telefone. Peguei o telefone, digite um digitei, o número da agência e conta, aguarde. digite a data de nascimento... quase meia hora depois a ligação cai. Tento tudo de novo e não dar em nada. Volto pro IB irado, então a tarde resolvo voltar lá, chegando lá o guarda fala voce aqui de novo. Fiquei vermelho de vergonha ou de raiva. Subo a escada vi o meu gerente, comento com ele que pede pra eu aguardar ou usar o fone da agência, pego o fone que não é fone. Digito uma, duas vezes e nada. Pergunto é esse número ele fala que sim. então diz digite o zero antes. Faço e nada. Então olha e ver que o que to usando não é um telefone, mas parece um que aparelho é aquele não sei.
Mudo de aparelho e nada. Pensei que zica. Ele me pediu pra aguardar. Ótimo ele me atendeu, finalmente consegui a senha a maldita senha. Vou ao caixa automático fazer a transferência e quando chego lá. Digito tudo que pede e nada acontece. Porque a conta é do Santander e não funciona ainda no Real, não é pra ficar maluco. O rapaz que trabalha no Real fala pra mim que aquela transação só é possível na agência do Santander. Vou até lá e tento uma, duas, três estou quase conseguindo, quando vejo que finalmente aparece todos os dados pronto, basta apertar um sim. Aperto e nada acontece... Fico maluco faço a mesma ação três vezes. Não consigo e vou ao desespero. Quando sai um funcionário. Pergunto se ele trabalha lá, muito educadamente fala que sim, os funcionários do Santander são sempre muito educados, então ele vai resolver penso. Começa a transação e o cartão está bloqueado. Saio puto de raiva, mas agradeço ao rapaz. Volto pra taxo. Guardo as minhas coisas e vou saindo triste, fébril, então comento com o João o caso. Ele diz por que voce não fez essa transação no caixa, respondo que não é permitido. Por que pergunta. Vou ler o maldito papel com os dados:

Atenção: Não aceitamos depósitos efetuados em CAIXA DE AUTO ATENDIMENTO (envelope).
Não dizia nada com relação ao caixa pessoa.
Puxa vida por não presta atenção em uma frase eu perdi o dia tentando fazer uma coisa desnecessária.
Comigo é assim tudo mais difícil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário