segunda-feira, 2 de maio de 2011

Tarde

A tarde está tão fria,
o céu nublado,
a sala está tão vazia,
a luz fria clareia,
as bancadas geladas,
longe gorgeia
uma sabia da praia,
tudo está tão estático,
nada acontece,
luzes frias
alumiam a sala
que já não fala
nada.
Simplesmente
porque a tarde está
escura e fria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário