segunda-feira, 22 de março de 2010

dias

Há dias sem poesias,
dias que queremos esquecer,
dias que percisamos relembrar pra viver,
dias que o sol foi tão intenso que cozeu nosso raciocínio,
há dias que nós ficamos carentes, contentes, com as lembranças,
do tempo, das imagens, das amizades da vida.

Há dias que lembramos do que fomos,
o quanto nos superamos, ou o quando afundamos.

Há dias que paramos para pensar e não pensamos nada,
dias que não paramos para pensar e pensamos tudo.

dia a dia lá se vai nossa vida,
nossa alegria,
nossa poesia,
nossos amores,
e veem as dores,
e vem novos amores,

a vida sem amor
é vida de dor,
vida sem cor,
por isso a cada dia,
viva sem questionar, lamentar
o que tens são dias
a vida é uma soma de tempo
em dias,
e poesias lidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário