terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Silêncio noturno

A noite silenciosa de luz,
O som intermitente de insetos, grilos
De frequência semelhante ao pulsar das estrelas.
O apito do guarda,
Vozes indecifráveis,
Latido dos cães,
O som distante do deslocar de carros,
Ouço a voz da noite,
Sinto a brisa da noite.
Como voce percebe a noite?
Noite de um dia de semana,
Voce que está na labuta
Ou que descansa,
E os grilos continuam cantando noite a dentro.
Sem que entenda significado algum,
O cansaço de meu corpo, quiçá de minha alma,
Só percebe o silêncio da luz e ausência lunar.

http://www.youtube.com/watch?v=ikBD3DcSGFM

Nenhum comentário:

Postar um comentário