quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Onde estou?

O sol intenso da manhã
Que despenca para o meio dia,
O canto da cigarra sertaneja.
O mundo é só energia,
Pedras soltas no chão,
Ideias perdidas no azul do céu.
Existe o aqui e agora que pode ser em qualquer lugar.
Estou onde projeto está
Ou estou em qualquer lugar...
As sensações me levam a está onde estive
E são reconstruídas sempre.
Aqui, ali ou acolá.
O sentido está onde o coloco,
Está onde me atenho aos sentidos.
O sol intenso,
A vida singela,
O canto da patativa...
Seremos eternos saudosistas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário