quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Servir

Quantas vezes não me perco nos pensamentos, quantas vezes não me angustio, quantas vezes não morro de medo do que virá? Mas até que tudo isso aconteça, continuo vivendo e tentando. Preciso erguer a cabeça, pensar que já cheguei até aqui e poderei ir muito mais longe, mesmo com meus medos de não está fazendo a escolha certa. Perder-me em meus pensamentos as vezes alimenta meus sonhos, nas minhas angústias me ensina a viver e finalmente nos meus medos me ensinam a ser mais cauteloso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário