terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Amor

A manhã nublada
nem deixou o sol nascer,
pingos intermitentes
caem da bica sobre
outro telhado,
pensamentos nublados,
mas a música está limpa
quase cristalina,
tão pura que me faz
viajar, por algum motivo amar,
a vida.

Um comentário: