quarta-feira, 12 de junho de 2013

Noite

Calma a noite estrelada e fria,
de céu escuro e estrelado.
Silêncio!
Grilos cantando,
Silêncio!
As estrelas piscam,
pulsam sua luz.
A noite oculta as flores.
A noite oculta as cores.
O perfume não esconde,
mas as noites
os seres descansam.
E a noite segue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário