quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Para o fim

A noite caiu suave,
Nem a vi chegar,
E ela nem veio depressa!
Veio devagar,
Quando percebi,
Era noite,
Quando percebi,
A lua crescente brilhava no céu.
O vendo derrubava
Os estames das flores de jambo.
E a noite corria para o fim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário