domingo, 9 de outubro de 2011

Mãe natureza

A natureza em movimento,
a ondular pra lá e pra cá,
como é gostoso o vento,
um vento suave, que até
parece a voz da natureza.
O vento e as sinuosidades
da natureza são tão belos.
O chiado das folhas,
o aroma da flor,
a semente ou frutos
alados tão suaves
são levados ao vendo.
As vezes oramos
e cremos que o vento
levarão nossos desejos a Deus.
Sortuda é a praia
que tem o vento como
correio,
e manta para o continente
suas águas.
O vento é testemunha
que a natureza
não necessita de nossa
presença para se fazer
em movimento,
pois tudo em sim
é movimento
e é triste quando
não percebemos
nem mesmo sua
generosidade na menor dar brisas,
na beleza e no perfume das flores,
deveríamos ser mais gratos
para quem nos acomoda,
porque o pior sentimento
é a ingratidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário