quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Coisas

Tenho vários hábitos esquisitos,
Mas um é muito mais esquisito,
Gosto sempre que viajo
De trazer objetos como pequenas rochas, conchas e sementes.
Adoro observar as formas amorfas das rochas,
A beleza sólida das conchas,
E as sementes com suas formas e suas cores.
Acho que as coisas carregam uma história,
Ou melhor cada coisa tem a sua história.
Nestes objetos, enquanto os observo
Imprimo neles memórias do lugar,
Dou-lhes um novo significado.
Guardo ali, as minhas memórias daqueles lugares.
Mas com o tempo, tudo esqueço,
É da natureza humana o esquecimento.
Restam apenas conchas, rochas e sementes,
Guardava mais a memórias,
Bom, mas acho que estou vivendo mais o presente...


Nenhum comentário:

Postar um comentário