quarta-feira, 24 de abril de 2013

Sonho ou realidade!

Sonhei que estava velho e tinha o corpo cheio de chagas purulentas.
A dor rasgava em minha pele. O mau cheiro repugnava a todos que de mim se aproximava.
Estava cego, solitário, magro, meus cabelos haviam caído,
meus dentes podres também nada restara.
E só a meia luz, pois não podia sentir a dor do sol, abandonado,
refletia sobre minha juventude. Não bebia, nem fumava, mas por ser humano não me faltavam pecados. E minhas reflexões se aprofundavam entre agonia e dor, eu desejava morrer. Absolutamente nada me motivava viver.
Só sem família ou filhos ali estava eu, coberto de andrajos e chagas.
Pela manhã quando podia me arrastava até uma macieira e comi um frutos podres, sem dentes era difícil comer.
E o meu corpo e minhas memórias eram meu inferno.
E pensava que podia ser diferente. 
E refletia sobre tudo...
Então certa manhã, agonizando me apareceu uma figura angelical
que me disse: - volta não é chegada sua hora.
Então acordei, mas não estava no meu quarto, estava num quarto escuro, velho e sujo...
Me levantei tateei no escuro até uma fresta onde havia uma janela.
Abri a janela e o mundo cheirava mal...
Uma luz brilhou intensa e me faz acordar.
Acordei suado e agitado. Senti a minha realidade.
Tomei um copo d'água.
Abri a bíblia no salmo 24.
E li: O senhor é meu pastor e nada me faltará...

Nenhum comentário:

Postar um comentário