sábado, 20 de abril de 2013

O cair do tempo que nos revela?

O cair de um dia,
o cair de uma tarde,
o cair de uma noite...
Toda nossa vida se passa
nestes intervalos e tempo.
Vidas gloriosas, vidas mendicantes
e vidas comuns.
Vidas são apenas vidas
e o tempo só um transcorrer destas vidas.
Somos nós os responsáveis
pela condução de nossas vidas,
somos nós que resistimos a tentação
ou nos entregamos a ela.
Somos nós que encontramos
aquilo que queremos encontrar...
E tudo se passa no agora,
e tudo se passa neste vir a ser.
E é no cair de um dia, no cair de uma tarde, no cair de uma manhã
que tudo isto pode nos ser revelado,
poderá ser tarde, mas poderá haver tempo para recomeçar.
Aceitar a condição da vida é o primeiro passo.
Só aceitando esta condição que pode se dar o primeiro passo
à mudança.
Pessoa já dizia que quando acordamos temos a terra inteira.
Muitas vezes neste despertar que temos epifanias
que podem mudar a nossas vidas.
É certo que na vida tudo é muito incerto,
mas como Sarte dizia podemos fazer projeções.
Nunca sairá como almejamos,
mas podemos conquistar algo mais doce e melhor,
ou algo desagradável...
O cair do tempo nos revela toda a realidade
do que fomos, de quem somos, mas nunca saberemos
o que seremos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário