segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Meio vida e ambiente!

A noite caiu escura
coberta de negras nuvens.
A brisa soprava suave
trazendo o aroma
do tempo, do fumo dos escapes dos carros.

Noite escura,
noite dura.

O dia que passou
foi quente, de sol,
de carros ligados
emitindo calor e fumaça...

O mundo não ta de graça,
é lenha, é fogo,
e represas e plantações.
Cadê os animais?

A noite sempre caiu escura,
nas nunca caiu tão sem vida....

Nenhum comentário:

Postar um comentário