terça-feira, 20 de março de 2012

Vento

O vento delineia as dunas
o crescimento das árvores.
Suave o vento acaricia
os sulcos na pele
e foge com nosso calor.
O vento não canta,
mas nos encanta
ao fazer as flores
e ervas dançarem
contentes.
O vento faz as águas
ondularem.
O vento faz minha acácia
se expressar
e quando é noite escura
ao ouvir o chiado
dos ramos eu vejo
o dia em minha mente.
Assim como delineia
as dunas e as árvores
o vento delineia
meus pensamentos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário