segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Espelho do céu

Esta noite o céu está tão limpo,
parece até que foi polido.
Um azul marinho tão gostoso de ser
apreciado, este azul
tingido pela fraca luz
da lua.
Estrelas piscam sem parar,
tudo é silêncio
logo a noite será dia,
logo a noite vai passar,
vou beber do brilho das
estrelas e do azul
nu do céu.
Vou tragar o aroma
das flores noturnas
e então, ébrio dormir
com os meus sonhos
mais absurdos,
neste momento sei
e me sinto pleno e feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário