domingo, 11 de setembro de 2011

Algo no mundo

Pensei algo e pus no mundo.
Algo não muito interessante,
algo que saiu errante,
palavras rimadas, cantadas,
nesse mundo de raimundo.
Mundo em que tudo podemos
encontrar, mas nem sempre expressar,
pensei algo e pus no mundo,
palavras vagas,
um movimento, códigos,
foi como plantar uma semente
em um bom lugar,
alguma coisa há de acontecer,
a alguém pode servir,
o mundo é tão vasto
e as pessoas tão normais,
ou anormais...
Pus algo no mundo que ganhou vida,
sabe lá onde poderá parar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário