quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Aurora

Aurora,
Me acaricias com tua leve luz,
E desperta-me para o novo dia,
Desperto e vejo no horizonte,
Oh linda aurora,
Tu está tão distante e tão próxima de minha alma,
Sinto no peito a sua calma,
Vejo que é hora de acordar e ser feliz,
Doce aurora que me acaricia,
Doce aurora que me dar bom dia.
Primeiro crepúsculo matinal,
Ouço o canto da passarada,
Sinto a brisa fria da manhã,
Sinto toda a energia
Emanada pelo sol,
Pelo céu, pelo espaço,
Sinto o vigor das árvores,
A felicidade das aves,
E dou bom dia para quem passa,
Porque a vida é efêmera demais
Para certos orgulhos...
Por isso Aurora,
Vou agora em boa hora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário