sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

A realidade

O mundo é tão vasto, tão diverso e nos somos tão pequenos diante desta imensidão.
São tantos os mundos num só mundo. Cada vez que vivemos e viajamos
descobrimos um pouquinho mais de sua imensidão...
Coisas sutis como o cair da tarde se tornam pequenos, mas como somos
únicos e peculiares temos o nosso mundo e no nosso mundinho
coisas pequenas como o cair da tarde são tão amplos
e muitas vezes nem percebemos a beleza da vida que está em todos os lugares
até os mais ermos até lá há a realidade.
Realidade das montanhas, da neblina, da chuva, das matas, dos musgos,
das rochas nuas, do vento a agitar as folhas e flores...
Realidade das águas correntes,
Realidades da riqueza e da pobreza...
Coisas que só o mundo,
coisas que só a vida podem realizar.

Coisas que nem percebemos, mas que exitem
como as manhãs de inverno ou de verão
ou tardes de inverno ou de chuva...

As aves que aparecem depois vão para longe e desaparecem,
as lagartas e as borboletas...

Os peixes nadando...

As ondas da praia...

Conheço gente que nunca saiu de onde nasceu...

Quem conhece maior realidade
essa realidade que é o mundo...
Que é a vida...

As vezes a poesia nos fazem sentir isto,
as vezes a música.

E tudo se passa diante de nossos olhos,
sem que percebamos...

A vida passa, nos passamos...

Mas a realidade permanece,

mais nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário