terça-feira, 10 de julho de 2012

Dias

O dia nasce coberto por um sol lindo, mas em seguida é encoberto por nuvens que se estendem além céu.
Mesmo assim as flores continuam lindas e o rio continua a correr.
Que estranho é o verão Londrino, mais parece inverno nordestino no Brasil.
Quantas histórias ocultas não há nas ruas simetrias e frias de Londres, ocultas pelas nuvens ou
será que foi o verão que as ocultou?
Não sei. Na maior parte das vezes, quando falo com ingleses, mal entendo suas frases
e falas, muitas vezes não entendo o contexto.
Passo o dia conversando e observando seus costumes e não chego a conclusão nenhuma. Nunca chegarei, talvez entenda um pouco lendo Borges. Sei lá.
Nestes dias mesmo conheci portugueses. É estranho falar português com europeus,
mesmo que soe com sotaque mater.
E assim vivo os dias que me foram cedidos em Kew.

Nenhum comentário:

Postar um comentário