sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Cair da tarde

A tarde!
O silêncio...
Após o almoço,
finalmente é tarde.
Toda a natureza cala.
e cheias as barrigas,
nossos corpos relaxam,
silenciosa a tarde calada,
vai passando como a mare do rio,
está frio...
frutos pendurados,
folhas paradas,
é tarde!

Nenhum comentário:

Postar um comentário