segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Mortal

À noite faz silêncio,
Nenhuma ave a cantar,
Tu é escuro exceto o brilho das estrelas
Que faz descansar me preparar para o amanhã que virá.
Oculto está no destino a real possibilidade de acordar-me feliz.
Esse desconhecimento é o melhor conforto para minha mortalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário