segunda-feira, 20 de julho de 2015

Poesia do mundo

O sabor do chá,
Do chocolate,
Do caldo de galinha caipira,
A textura da rosa,
Da pele feminina,
Da frescura menina,
As cores das matas
Que me revelam quem sois oh plantas...

E esse mundo que se revela todo dia,
Que se faz doce poesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário