sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Sexta, sesta



Sexta-feira, a semana demorou uma eternidade, mas hoje que é sexta até parece que a semana voou.
Sexta-feira tem algo de especial, faz-nos sentir mais leves. Ah, hoje podemos fazer um capricho a mais conosco. Chegar em casa mais cedo se alguém nos espera ou mais tarde. Podemos relaxar e comer aquela pizza tão condenada durante a semana.
Na época de faculdade aproveitava as tardes de sexta para ir a biblioteca ler algo que gostava e ficava lá namorando os livros, escolhia um e ia para a sala de estudantes com ar condicionado, às  vezes não lia nada, mas ficava ali na companhia daquela obra, só a sua presença, sua existência já me deixavam feliz. Naquela época não tinha internet tão acessível. Não tinha como bater papo com os amigos da net, a vida era mais real.
Então ia para o Biociência e ficava de papo com os colegas ou voltava para casa e como morei em residência universitária o que não faltava era gente para papear. Meus queridos amigos que hoje estão tão longe, papeio com alguns via tim.
O tempo passou, as coisas mudaram, mas a sensação boa de que hoje é sexta continua a mesma. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário