quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Quando o tempo se arrasta


Sabemos que não temos tempo para ter tédio. Mas de que isso nos adianta. Se temos uma tarde inteira para fazer algo que não estamos com a mínima vontade e tempos o poder de decidir se fazemos ou não ou somos forçados a fazer.
Ah, quando a coisa anda sem graça que desgraça que fica o tempo que se arrasta feito lesma.
Que tarde. Não me concentro. Ouço o eco das palavras usadas por pessoas sei lá.
Ou ouço o som de máquinas...
E a tarde se arrasta lenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário