segunda-feira, 22 de maio de 2017

Divagar

Sei que não é comum, mas ver e ouvir a chuva chover de madrugada é tão reconfortante em nossas camas.
Ah!
Esta incógnita que é a vida.
Como deve ser vivida?
Como devemos fazer valer a pena?
A madrugada assombrosamente me faz pensar.
E a poesia revela,
A existência é tão dolorosa.
Como mudar tudo isso?
Como aceitar?
Respira,
Fecha os olhos e ouve a chuva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário