sexta-feira, 3 de março de 2017

Eternidade

Há uma sombra de eternidade nessa vida breve!
Sexta-feira, o departamento está vazio,
Saio de minha sala e vou ao laboratório pegar água,
Após encher a garrafa no bebedouro,
Saio da sala, e vejo que a sala de preparação está aberta,
Vou conferir quem é e vejo que é o Cezar!
Após observar para o recinto semi-vazio,
Vem a minha mente as pequenas comemorações de aniversário!
Na maior parte das vezes aguardamos a querida professora Rita nossa chefe
Que fazíamos questão de começar só após sua chegada...
Aqueles momentos, parecem que durariam pela eternidade,
Só existem agora na lembrança e no coração!
Agora percebo que foi como uma brisa,
Como o voo de um pássaro,
Como uma tarde!
Passou,

E Professora Rita dormiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário