domingo, 30 de agosto de 2015

Destinar

A noite que caiu,
Estrelas, a lua oculta,
Grilos ciciando,
Escura noite,
Escura como nosso amanhã.
Profundamente fenomenológica.

Memórias, memórias,
Subjetivas memórias,
De um lugar,
Do solo,
Da vegetação,
Das flores ocultas nas plantas vegetativas,
Do nosso destino oculto
Em nossa infância!
E essa artista que é a vida
Pinta nossa história,
Constitui nosso ser,
E assim somos o que nos fazemos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário