segunda-feira, 15 de junho de 2015

Mundos

Quantos mundos há no mundo?
Meu pai, Chico de Chico Raimundo,
Meus tios Raimundos Nonatos,
Todos vieram ao mundo,
Em berço pobre e sem letra,
Um se alfabetizou, se formou
O outro, oh! Triste realidade,
Faleceu de câncer!
Doença que come a gente por dentro,
Metástases, tumores...
Dor...
Pra viver no mundo,
É preciso ser forte,
Tem que todo dia enfrentar a morte
E se entregar,
E como semente se plantar,
E germinar e se tornar calor de alguma estrela,
Quantos mundos há no mundo?
Oh, tantos Raimundos há no nordeste?

Nenhum comentário:

Postar um comentário