sexta-feira, 20 de março de 2015

Aprendendo a contemplar

O silêncio,
A noite estrelada,
O cheiro acridoce da cajarana,
Aves noturnas soltam um som compassado,
Os morcegos voam ecoando,
Que imenso é o céu estrelado,
Como somos ínfimos perante tamanha plenitude divina,
O que somos?
Quem somos?

O sentido da vida é nos que damos,
Apesar de tudo,
Colemos um riso na face,
Viva cada momento de cada vez.
A noite estrelada,
O cansaço...

Um comentário: