sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Aurora

Entre a madrugada e a manhã
Te encontro oh aurora,
Primeiro crepúsculo que norteia o meu dia,
As aves cantam em ti e para ti,
Sabe lá se não será meu último aurora.
Sorte que vejamos o segundo aurora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário