segunda-feira, 14 de julho de 2014

Contemplar

Ah, este universo tão imenso,
Este mundo tão belo,
Este lugar que estou,
Minha vida,
Esta manhã que amanhece,
O calor de minha casa.
Na vida tudo passa,
Quão fugaz é a vida assaz.
Parti coração parti,
Cada manhã é impar,
Cada manhã se passa,
O tempo que passa,
Já não volta mais.
Vanita vanitas...
Sobe e desce o sol,
A cas que tinge de experiência,
E agora manhã abençoada,
Um dia não mais terei,
Voltarei para o meu criador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário