segunda-feira, 7 de julho de 2014

Companheiras

Sempre fui solitário e tive os livros como companheiros,
A solidão nos cerca, nos abraça,
Então resolvi cuidar de flores,
Tenho sete flores e uma amarilis.
Cuido de todas elas com muito carinho,
Com elas não me sinto tão sozinho,
E assim passa a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário