sábado, 12 de julho de 2014

Como tem que ser

A tarde que passa
Tas em si a chuva,
Que cai intermitente.
A tarde que passa,
Não é a mesma tarde
Que sábado passou,
Estávamos cheios de esperança,
Mas é uma tarde nova
Que fica velha,
Que passa depressa,
Para dar espaço a mais um mera.
A tarde passa quente e chuvosa.
Passa como tem que passar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário