terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Dias de verão

Mais um dia quente de verão se passou.
Nos dias de verão o sol brilha intenso,
Nos dias de verão as chuvas são escassas.
Nos dias de verão as ervas torram sobre a areia escaldante.
Nos dias de verão formigas trabalham sem parar.
Nestes dias as tardes são fagueiras
O açúcar do suco é tão doce,
O sono se faz presente durante o dia e escapa durante a noite.
Ficamos muito ociosos nos dias de verão,
Temos mau está no corpo,
Bebemos muita água, fugimos do sol...
E sobrevivemos na esperança
De que o inverno venha e a tudo apague,
A cinza do pó das ervas,
O pó que cobre o mundo...
O pó que cobre a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário