terça-feira, 4 de junho de 2013

ócio

As vezes o mundo me afaga, mas continuo distante.
Uma linda manha,
uma linda tarde,
uma noite suave,
o canto das aves,
uma linda florada,
quase nada,
quase nada,
me agrada.
E o tempo passa
e a vida passa e me perco no nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário