sexta-feira, 3 de maio de 2013

o Jacaré

O silêncio,
A noite caiu suave
e apagou o lixo em volta do lago Paranoá.
O brilho fosforescente emergiu das águas,
não apareceu por completo,
não era capivara,
era algo inesperado,
um lindo  jacaré,
e ficou ali se exibindo,
ficou por um bom tempo,
quis mostrar para todos que estavam ali que o lago
ainda está vivo.
Depois imergiu,
sumiu,
entre as águas
e a sombra da noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário