terça-feira, 30 de abril de 2013

Ilusão humana

Após a chuva cair,
após sementes germinarem,
após as ervas crescerem,
após estas florescerem e frutificarem.
A chuva volta a cair
e as sementes a germinarem,
estações após estações.
Repetidas milhares de vezes,
milhares ou milhões de anos,
em silêncio a terra trabalhou em sua criação.
Flores ornadas, frutos perfumados e tudo quanto é tipo de animal.
A terra não pupou esforço nesta lenta transformação.
Eis que surgiu um animal
que aprendeu a pensar,
e pensou que podia mais que a terra.
E em pouco tempo conseguiu extinguir quase toda a diversidade
em benefício próprio,
Destruiu florestas, reduziu montanhas a crateras na terra,
construiu um mundo em seu benefício
se organizou e agora se auto destrói.

E a chuva continua a cair
e a erva continua a crescer,
e a natureza a degenerar,
até onde vai aguentar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário