segunda-feira, 1 de abril de 2013

Breve aurora

Como é lindo o aurora.
A quanto tempo não o via.
Sempre o via em Campinas.
Hoje muito cedo 
no ônibus pude contemplar
novamente o lindo aurora.
Não pensava em nada
apenas vivia o aurora.
O céu ficou encarnado
e aos pouco o sol
diluiu toda a sombra da noite,
E o sol surgiu
e fez as flores desabrocharem,
as flores quando desabrocham
parecem rir para o mundo,
desabrocham para a vida,
mesmo que efêmera.
Efêmero aurora,
Efêmera vida.
E vejo a vida num
instante breve...
Numa breve aurora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário