segunda-feira, 29 de abril de 2013

Assinalada

A manhã caiu entre o escuro e o frio.
A aurora tingiu de rosa ou de vinho o céu vazio.
As maritacas deram som e vida e ocultou
o escuro, mas o frio que ficou
e com a luz viva do sol a manhã assinalada,

E aos pouco as formas foram sendo revelada,
e aos pouco já não é mais madrugada,
e aos poucos é um novo dia,
e aos poucos se alinhava uma poesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário