quinta-feira, 21 de março de 2013

O destino

E um dia o fruto explodiu e liberou suas sementes distante da árvore mãe.
Uma semente caiu no sol e ficou ali exposta durante todo o verão, parecia que ia morrer,
mas quando caíram as chuvas foi a primeira a germinar e a desenvolver,
mas a pequena planta sofria com as estiagens, sofria com o verão, sofria com as adversidades.
E foi neste rítmo que cresceu, e suportou, hoje está uma árvore bonita...
Quem encontra sua sombra não imagina quanto tempo e sofrimento foram vividos pela bela árvore,
nem passa pela cabeça que ali o sol ardia dia a dia.
E assim aquele ser que foi semente, depois plântula... agora estava no seu auge
e sua vida descamba para o fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário